Polícia

“A família toda no crime”, diz delegado sobre prisão na casa de PM

Wilson Santos Dias, um dos que foram presos hoje (18) confessou que havia drogas na casa de seu sogro, um capitão da Polícia Militar.
VITOR FERNANDES
18/09/2017 16h50 - atualizado

Dois homens identificados como Wilson Santos Dias e Willame Santos Dias foram presos nesta segunda-feira (18) com dois tabletes de maconha, cocaína, crack e uma balança de precisão no bairro Dirceu Arcoverde, zona sudeste de Teresina. As drogas foram encontradas na casa de um capitão da Polícia Militar.

  • Foto: DepreWillame Santos Dias e Wilson Santos Dias.Willame Santos Dias e Wilson Santos Dias.

De acordo com o delegado Menandro Pedro, da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), Wilson Dias mantém relacionamento com a filha do capitão da PM. A polícia o flagrou enquanto vendia droga no meio da rua e ele confessou que guardava a droga na casa de sua parceira.

  • Foto: DepreForam apreendidos dois tabletes de maconha, cocaína, crack e uma balança de precisão.Foram apreendidos dois tabletes de maconha, cocaína, crack e uma balança de precisão.

Questionado se o capitão tem envolvimento direto com o tráfico, Menandro diz que ainda não se sabe. “Vamos investigar, ele não estava lá, o capitão. Aí estamos investigando”.

Menandro afirmou també que Wilson tinha passagem pela polícia. “Condenado por seis anos. Ia no albergado dormir, de dia saía para vender droga. O irmão já foi preso com pistola e revólver. Ele tem um irmão que tá foragido daqui e que começou a matar naquela região com 15 anos. Hoje ele tem 19 ou 20 anos e tá fora do Piauí”, relatou.

O delegado disse ainda que há mais pessoas envolvidas nesses crimes. “A família toda no crime. Toda! É assalto, tráfico e homicídio”.