Piauí

Acordo com BNDES possibilitará R$ 180 milhões por ano ao Piauí

O Governo considera que a medida melhoraria o fluxo de caixa do estado que passaria a ter recursos para investimentos.
VITOR FERNANDES
26/07/2017 18h04 - atualizado

O Governador do Piauí, Wellington Dias, esteve em Brasília nesta quarta-feira (26) com o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), Paulo Rabello de Castro, na tentativa de prolongar o prazo de pagamento de dívidas do estado junto ao banco.

  • Foto: Divulgação SurpiGovernador Wellington Dias em reunião com o BNDES em Brasília.Governador Wellington Dias em reunião com o BNDES em Brasília.

Essa medida melhoraria o fluxo de caixa do estado que passaria a ter recursos para investimentos e melhoria nas finanças até o final do ano. O governador apresentou dados sobre os estados que mostram capacidade de endividamento e áreas para investimento e crescimento da economia.

Wellington Dias quer estender o prazo atualmente estabelecido para pagamento de contas. "Nós temos uma lei aprovada, sancionada, que garante uma carência de quatro anos com os contratos que o estado tem com o BNDES. Tivemos aqui essa abertura e esperamos concretizar. Isso representará para o Piauí entre 15 a 18 milhões de reais por mês e 180 milhões por ano de investimento para o Estado”, afirmou.

Mais conteúdo sobre: