Piauí

Agentes penitenciários abortam fuga na Penitenciária Irmão Guido

Um dos policiais militares de plantão avistou movimentação suspeita dos presos e identificou um buraco no pavilhão A.
RAYANE TRAJANO
03/04/2017 09h44 - atualizado

Uma tentativa de fuga de presos foi abortada, na tarde deste domingo (2), pela equipe de segurança prisional na Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina.

Um dos policiais militares de plantão avistou movimentação suspeita dos presos e identificou um buraco dando acesso ao lado externo do pavilhão A. De acordo com o gerente da Irmão Guido, Josiel Marcos, o militar acionou, assim, os agentes penitenciários, que agiram rápido e iniciaram os procedimentos de apuração.

  • Foto: ReproduçãoPenitenciária Irmão GuidoPenitenciária Irmão Guido

"O buraco foi tapado e uma vistoria foi realizada, imediatamente, no presídio. Fizemos uma varredura no local e a unidade está em ordem", explica o gerente.

Foram deslocados policiais militares da Diretoria de Inteligência e Proteção Externa do órgão (Dipe), para dar suporte na unidade.

A Secretaria de Justiça informou que  colocou o Comando de Operação Prisionais Intervenção em alerta, para o caso de a Irmão Guido necessitar de apoio extra.