Piauí

Alunos da Ufpi disputam com 800 times e vão para final de competição

O time Cafeína Overflow da UFPI de Teresina foi o time campeão da "supersede" Piauí, com 8 problemas resolvidos da área de Computação.
VITOR FERNANDES
16/09/2017 17h58 - atualizado

Alunos do Curso de Ciência da Computação da Universidade Federal do Piauí (UFPI) venceram a 1ª Fase da Maratona de Programação 2017, concorrendo com mais de 800 times inscritos em sedes espalhadas por o todo o país. Apenas 72 ganharam o direito de participar da final.

  • Foto: DivulgaçãoTime Cafeína Overflow da Ufpi.Time Cafeína Overflow da Ufpi.

O time intitulado “Cafeína Overflow” composto pelos alunos integrantes: Jeová Pereira Gomes, Anderson Ferreira Viana, Felipe Barros Caminha e Gabriel Costa Campos de Sousa (reserva do time) foi classificado para a 2ª Fase, a Final Brasileira em Foz do Iguaçu-Paraná, nos dias 10 e 11 de novembro. 

A Maratona de Programação é promovida pela Sociedade Brasileira de Computação. O Piauí teve 3 sedes: Teresina, Parnaíba e Picos. Juntas elas formaram a supersede Piauí e garantiram 2 vagas para a fase seguinte, a Final Brasileira.

O time Cafeína Overflow da UFPI de Teresina foi o time campeão da "supersede" Piauí, com 8 problemas resolvidos. Outro time do Piauí, “Dragon Ball C” da Uespi de Parnaíba foi classificado para a fase nacional. Os melhores times da Final Brasileira serão classificados para representar o país nas finais mundiais da competição, que ocorrerão em abril de 2018 em Pequim, China. 

A maratona se destina a alunos e alunas de cursos de graduação e início de pós-graduação na área de Computação e afins (Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Sistemas de Informação, Matemática, etc.). A competição promove nos estudantes a criatividade, a capacidade de trabalho em equipe, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão.

Mais conteúdo sobre: