Geral

Anvisa inclui maconha na lista de plantas medicinais

Ação da agência não altera normas e restrições sobre a planta.
GABRIEL SOARES
17/05/2017 09h31 - atualizado

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acrescentou a Cannabis sativa na Lista de Completa das Denominações Comuns Brasileiras (DCB) na categoria de “planta medicinal”. A lista corresponde à substâncias e elementos de interesse médico no país.

  • Foto: DivulgaçãoPlantio de maconha.Maconha é icluída na lista de planatas medicinais pela Anvisa.

De acordo com o portal G1 a medida tomada pela Anvisa não altera a legislação acerca da maconha no país. O uso da planta continua restrito para fins medicinais de qualquer espécie. O que altera com a inclusão da maconha é sua determinação como um componente em futuros pedidos de registro de medicamentos ou outras regulamentações que podem ser discutidas como planta medicinal.

A inclusão faz parte da Diretoria Colegiada (RDC) Nª A inclusão faz parte da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) Nº 156, de 5 de maio de 2017, que foi publicada no Diário Oficial da União em 8 de maio.