Política

Assessora de Ciro Nogueira nega envolvimento com indicação do irmão

Sabá Cordeiro diz que não tem "absolutamente nada a ver com o ato". Ciro Nogueira também nega participação na indicação de Alexandre Macedo.
VITOR FERNANDES
17/09/2017 18h00 - atualizado

O senador piauiense e presidente do PP, Ciro Nogueira, tem dentre seus assessores Sabá Cordeiro, irmã de Alexandre Cordeiro Macedo, indicado para ser o novo superintendente-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Apesar de trabalhar para o senador que indicou Macedo, a assessora disse que não teve envolvimento com o ato. 

O ato da indicação de Macedo foi publicado no Diário Oficial da União na sexta-feira, 08 de setembro.

  • Foto: Cade/Agência SenadoAlexandre Cordeiro  e Ciro NogueiraAlexandre Cordeiro e Ciro Nogueira


Procurado no começo da semana pela jornalista Andréia Sadi, do G1, Ciro disse que "não sabia que tinha saído o ato" da nomeação. A assessoria de Alexandre Cordeiro confirmou o parentesco ao blog de Andréia, mas disse que a irmã é servidora concursada da Câmara há mais de duas décadas, "sem nenhum vínculo político ou com qualquer indicação partidária". 

A servidora Sabá Cordeiro disse ao G1 que foi surpreendida com a indicação do irmão e que não tem "absolutamente nada a ver com o ato". Ela afirmou que é concursada da Câmara e trabalha com Ciro Nogueira como assessora do gabinete na área de marketing.

  • Foto: SenadoDados divulgados no site do Senado FederalDados divulgados no site do Senado Federal

De acordo com o site do Senado Federal, Sabá Cordeiro é comissionada, está na situação ativa e foi admitida em 2011. Ela ocupa a função de secretária parlamentar de Ciro Nogueira. O senador piauiense nega ter participado da indicação de Alexandre Macedo ao Conselho.

O nome de Macedo ainda vai passar pela Comissão de Assuntos Econômicos. Se aprovado, ele cumprirá mandato de dois anos.

Mais na Web