Piauí

Átila Lira defende BR 135 e Uespi como prioridade para a LDO de 2018

O deputado afirmou que o mais agravante é que apenas 8% dos jovens entre 18 a 25 possuem matrícula em instituições de ensino superior.
JOSEFA GEOVANA
07/07/2017 16h05 - atualizado

Três propostas de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) da União de 2018, foram sugeridas ontem (05), pelo deputado Átila Lira.  A LDO possui o objetivo de manter o equilíbrio financeiro do Estado, ajudar na elaboração da Lei Orçamentária Anual, e realizar alterações na Legislação Tributária.

De acordo com a primeira proposta, será acrescentado às prioridades da LDO, o ajuste da BR-135, no trecho entre Eliseu Martins-PI e a divisa com o Estado da Bahia. A rodovia é responsável pelo desenvolvimento da região Sul do Estado do Piauí, e pela integração nacional.

  • Foto: DivulgaçãoDeputado Átila Lira, LDODeputado Átila Lira, LDO

Para o deputado Átila Lira “a característica principal da rodovia é ter uma pista de rolamento e acostamentos muito estreitos, o que tem ocasionado inúmeros acidentes fatais ao longo de décadas. É primordial o alargamento das faixas de rolamento e a recuperação dos acostamentos, com a adequação do referido trecho às medidas mínimas de segurança recomendadas pelo DNIT”.

A segunda emenda proposta pelo deputado, propõe equipar a Universidade Estadual do Piauí (Uespi) através de recursos federais. Pois segundo ele, a Universidade possui 30 anos de existência e carrega uma deficiência histórica de equipamentos e infraestrutura física.

Átila falou sobre a existência de atraso na formação superior do Estado, que possui 3,2milhões de habitantes, mas somente 6,12% estão com formação superior completa (IBGE 2016). O deputado afirmou que o mais agravante é que apenas 8% dos jovens entre 18 a 25 possuem matrícula em instituições de ensino superior, quando a meta de educação é de que pelo menos 35% dos jovens nesta faixa etária, estejam matriculados no ensino superior até o ano de 2025.

Na terceira proposta de emenda, o deputado sugeriu a destinação de recursos para a implantação do projeto público de irrigação Platôs Guadalupe, que se trata de uma Ação de inclusão, que visa incrementar a cultura da irrigação no Piauí. O projeto atualmente se encontra parado, necessitando de apoio.

O Perímetro Irrigado Platôs de Guadalupe fica localizado às margens da barragem de Boa Esperança, no município de Guadalupe-PI. O projeto de irrigação atualmente atua na produção de arroz, feijão, milho verde, maracujá e banana. Ele abastece o Estado do Piauí e também gera renda e empregos na região, bem como o aquecimento da economia local, estadual e nacional.

Mais conteúdo sobre: