Política

Átila Lira fala sobre risco de escassez de professores no Brasil

Em seu posicionamento, Átila Lira disse acreditar ser necessário mudar a legislação.
ISABELA DE MENESES
13/11/2017 09h52 - atualizado

O deputado federal Átila Lira (PSB-PI) demonstrou preocupação na Comissão de Educação da Câmara, na última quarta-feira (08), a respeito do risco de escassez de professores no Brasil.

A temática foi levantada pelo diretor-executivo do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), Rodrigo Capelato, que disse aos deputados, que o Brasil corre o risco de ter um "apagão" de professores em um futuro próximo. A causa seria a concentração de matrículas em cursos de bacharelado.

  • Foto: Agência CâmaraDeputado Federal Átila Lira (PSB-PI)Deputado Federal Átila Lira (PSB-PI)

Em seu posicionamento, Átila Lira disse acreditar ser necessário mudar a legislação. "Há sistemáticas que poderiam ser alteradas para aproveitar os bacharéis nas áreas de matemática, de física, de química. E através de uma formação complementar, em serviço, eles seriam habilitados para lecionar essas matérias", argumentou.

De acordo com a Agência Câmara, dados divulgados por Rodrigo Capelato demonstram que 40% das matrículas estão concentradas nos cursos de Direito, Administração, Engenharia Civil e Enfermagem. Entre 2010 e 2016, os bacharelados cresceram 28%, enquanto as licenciaturas tiveram uma queda de 5%.