Polícia

Bandido que ameaçou matar Fábio Abreu é preso na Operação Acossar

Fábio Abreu acompanhou a prisão do criminoso na manhã de hoje.
RAYANE TRAJANO E ISABELA DE MENESES
04/08/2017 13h11

O preso na manhã desta sexta-feira (04), na Operação Acossar, é um criminoso conhecido da polícia: Wilson da Silva Barreto vulgo "Nego Wilson". Ele tem diversos antecedentes criminais e já chegou a ameaçar o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilNego WilsonNego Wilson

“Na época em que nosso atual secretário de Segurança, Fábio Abreu, era comandante do Rone, ele chegou a informar que se o capitão entrasse na Santa Cruz, ele ia matar o capitão”, disse o delegado Luciano Alcântara, acrescentando que Fábio Abreu acompanhou a prisão do criminoso na manhã de hoje.

O criminoso foi preso dentro de casa, no bairro Santa Cruz, região do Promorar, zona sul de Teresina.

Operação Acossar

A operação deflagrada pela Polinter tem como objetivo prender membros de uma quadrilha que praticava roubo de veículos principalmente na capital. Foram expedidos dois mandados de prisão, um contra o Nego Wilson, outro que ainda deve ser cumprido durante o dia de hoje.

Segundo o delegado Luciano Alcântara, Nego Wilson arquitetava os assaltos e algumas vezes também participava. “Ele é o líder, ele juntava o pessoal, alugava um veículo, alugava a arma e passava para os comparsas fazerem os roubos. Depois de tempo, a gente percebeu que ele estava participando dos roubos, foi identificado”, disse o delegado Luciano Alcântara.

O mandado cumprido contra ele hoje é devido a uma Saveiro roubada no dia 07 de junho, ele e mais 4 pessoas roubaram o veículo durante a madrugada, no Dirceu Arcoverde. Às 13h, do mesmo dia, depois que o veículo já havia sido localizado pela Polinter, na região da Prainha, foi montada uma campana para prender os envolvidos. Alguns deles foram presos, mas Nego Wilson conseguiu fugir.

O nome do alvo do segundo mandado de prisão só será revelado após o cumprimento.