Piauí

Cachaça Fest vira Canyon Fest para potencializar turismo no Piauí

O evento será realizado nos dias 28, 29 e 30 de julho, com sede em Castelo.
MARCOS CUNHA
11/07/2017 18h07 - atualizado

Nesta terça-feira (11), o Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí, lançou a nova roupagem do festival Cachaça Fest: o Canyon Fest Poti. A nova proposta visa fortalecer turismo, arte, cultura e natureza entre as cidades de Castelo, Juazeiro e Buriti dos Montes. O evento será realizado nos dias 28, 29 e 30 de julho, em Castelo.

O festival, que ocorre há 12 anos, agora passa a destacar o cânion do rio Poti. Com cerca de 120 quilômetros de extensão, o cânion possui margens rochosas que podem chegar a 200 metros de altura. Região abrange também cachoeiras e uma série de gravuras rupestres.

  • Foto: Divulgação/Paulo BarrosCânion do Rio PotiCânion do Rio Poti

A cidade de Castelo é conhecida por suas cachaças de cana de açúcar e por suas formações rochosas únicas. Além da programação artística, o Canyon Fest vai oferecer atividades de motocross, trilhas, canoagem e ciclismo. Nomes nacionais da música como José Augusto, Joelma e Raça Negra estão confirmados, a previsão de público, de acordo com a prefeitura, é de 10 mil pessoas por noite.

A Secretaria de Meio Ambiente aproveitou o lançamento do festival para informar sobre a finalização da unidade de conservação e proteção integral que criará o Parque Estadual do Canyon do Poti.

O Parque do Canyon terá cerca de 6,8 mil hectares e vai englobar o território de três comunidades rurais. O Canalão, uma das áreas consideradas como as mais belas do Canyon, fará parte da reserva ambiental.

Mais conteúdo sobre: