Geral

Caixa reduz teto para financiamento de imóveis novos e usados

A medida vale para quem utilize recursos do FGTS, SBPE, CCFGTS e linhas Pró-Cotistas.
GABRIEL SOARES
17/08/2017 09h45 - atualizado

A Caixa Econômica Federal diminuiu os limites de financiamentos de imóveis novos para 80% e usados para 60%. A medida é voltada para financiamentos realizados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) - programa Minha Casa, Minha Vida e linhas Pró-Cotista e CCFGTS - e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE).

De acordo com a Agência Brasil, os tetos antigos para financiar um imóvel Caixa eram de 90% para propriedades novas e 70% para propriedades usadas. Em nota, o banco relatou que o objetivo é adequar à política de alocação de capital do banco. A instituição também afirmou que apenas 10% dos clientes que realizam o serviço no banco serão afetados.

  • Foto: Reprodução/Street ViewAgência da Caixa Econômica Federal em TeresinaCaixa Econômica Federal reduz teto de fiannciamentos no Minha Casa Minha Vida.

Em operações com o FGTS regulados conforme a tabela SAC, o limite para imóveis novos pelo Minha Casa, Minha Vida, Pró-Cotista e CCFGTS, caiu para 80%, assim como o limite financiado com recursos do SBPE para imóvel novo, adjudicado, construção em terreno próprio ou aquisição de terreno e construção (servidor público) e imóvel adjudicado (demais clientes).

Em financiamentos regulados pela tabela Price, o limite para financiar imóvel usado caiu de 70% para 60% no Pró-Cotista e de 80% para 70% no CCFGTS

Mais conteúdo sobre: