Piauí

Casos de dengue e chikungunya crescem em São Raimundo Nonato

A cidade se encontra em estado de alerta devido ao aumento das notificações das doenças.
JOSEFA GEOVANA
04/07/2017 18h24 - atualizado

Com a realização da 25ª Semana Epidemiológica, ocorrida nos períodos de 16 a 24 de junho na cidade de São Raimundo Nonato, foi registrado pela Secretaria do Estado da Saúde, um aumento repentino no número de casos de dengue e chikungunya no município.

Entre a 24ª Semana Epidemiológica e a 25ª, foi constatado um acréscimo de 26 notificações nos casos de chikungunya. Já os casos de dengue, passaram de 84 para 102, com 18 notificações a mais.

  • Foto: Divulgação / Secretaria de Estado da Saúde do Piauí.Reunião realizada com equipes de saúde do município de São Raimundo Nonato.Reunião realizada com equipes de saúde do município de São Raimundo Nonato.

O Secretário Municipal de Saúde de São Raimundo Nonato, Jussival Junior, relatou que a cidade se encontra em estado de alerta com o aumento de registros das doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, e afirmou que “o material colhido na população infectada foi enviada para análise do Laboratório Central do Estado e a secretaria está se mobilizando com todos os postos de saúde da zona urbana, os agentes de endemias e os profissionais do Programa Saúde da Família, em parceria com as secretarias de infraestrutura e educação para reverter essa situação”.

Várias medidas para diminuir o número de casos das doenças foram tomadas pelas secretarias do município, como o encaminhamento de uma equipe da epidemiologia ao município, para orientar as unidades de saúde.

“Durante toda essa semana o município estará realizando mutirões de coleta de lixo, orientados por profissionais da saúde. Na quinta-feira (6) realizaremos uma capacitação para cerca de 70 profissionais de saúde com técnicos da coordenação de vigilância epidemiológica”, disse Miriane Araújo, gerente de Vigilância em Saúde.

Mais conteúdo sobre: