Polícia

Cigano é morto a tiros por PMs de Pernambuco em Flores do Piauí

A Força Tática da Polícia Militar do Piauí conseguiu prender os dois policiais em uma barreira.
ISABELA DE MENESES
14/09/2017 08h54 - atualizado

Um homem identificado como Jardel Pereira da Silva, mais conhecido como “Casé”, foi morto com disparos de arma de fogo, por volta das 21 horas dessa quarta-feira (13), na cidade de Flores do Piauí, após desentendimento com dois policiais militares do estado de Pernambuco, dentro de sua residência.

Segundo informações da Polícia Militar, os policiais vieram para o Piauí fora do expediente de trabalho, contratados por uma pessoa, para cobrar a dívida de um carro comprando pela vítima, que faz parte da comunidade Cigana.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarCasé morto na cidade de FloresCasé morto na cidade de Flores

Também foi informado que durante o desentendimento ocorreu troca de tiros, Casé foi atingido e morreu no local, um dos policiais, Júlio César da Silva Santos, levou três tiros, mas conseguiu fugir junto com o amigo, Rafael Ferreira dos Santos, em direção a cidade de Canto do Buriti.

A Força Tática da Polícia Militar conseguiu prender os dois policiais em uma barreira. Com eles foram apreendidas duas pistolas e o veículo que utilizavam. Por conta dos ferimentos, Júlio César foi encaminhado para o Hospital Tibério Nunes, em Floriano, por conta dos ferimentos.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarMaterial apreendido com os policiais de PernambucoMaterial apreendido com os policiais de Pernambuco

Já Rafael, foi autuado em flagrante na madrugada desta quinta-feira (14) e encaminhado para Central de Flagrantes de Floriano. O caso agora vai ser investigado pela Delegacia de Polícia Civil, também de Floriano.