Polícia

Correios e agência do Banco do Brasil são arrombados em Teresina

Não se sabe ainda se os crimes foram praticados pela mesma quadrilha. Os três crimes aconteceram durante a madrugada.
RAYANE TRAJANO
06/05/2017 12h32 - atualizado

A Polícia Militar do Piauí registrou três arrombamentos seguidos de roubos em instituições financeiras da capital, na madrugada deste sábado (06), em Teresina. Foram alvos de criminosos a agência dos Correios, localizada no Shopping da Cidade, centro de Teresina, o Log Mais, que também funciona no prédio e uma agência do Banco do Brasil, localizada na Avenida Jóquei Clube, zona leste de Teresina.

De acordo com o capitão Elditon, do 5º Batalhão da Polícia Militar, os criminosos entraram na agência do Banco do Brasil, através de um buraco na parte superior de uma das paredes, em seguida quebraram o forro e conseguiram roubar dinheiro do cofre interno da agência e de pelo menos três caixas eletrônicos. Tanto o cofre quanto os caixas de autoatendimento foram cortados, não foi usando nenhum tipo de explosivo.

  • Foto: Street ViewBanco do Brasil na Avenida Jóquei ClubeBanco do Brasil na Avenida Jóquei Clube

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) ficará responsável pela investigação do caso.

Também na madrugada, a agência dos Correios e o correspondente bancário e lotérico Log Mais, ambos localizados no Shopping da Cidade, foram alvos de assaltantes, que também conseguiram roubar grande quantia dos dois estabelecimentos. Não se sabe ainda se os crimes foram praticados pela mesma quadrilha.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarEstabelecimentos arrombados no Shopping da CidadeEstabelecimentos arrombados no Shopping da Cidade

Quadrilha especializada em roubo a bancos

Após investigações do Grupo de Repressão ao crime Organizado (Greco), foram presos, em janeiro deste ano, 22 integrantes de uma quadrilha especializado em roubo a bancos e explosão de caixas eletrônicos.

Os criminosos são responsáveis por estourar caixas eletrônicos na capital como o do Banco do Brasil localizado no colégio Dom Barreto, e no Detran; na Prefeitura de Picos, em Luís Correia e outros municípios do interior do estado.

O juiz Carlos Hamilton Bezerra de Lima, da 1ª Vara Criminal de Teresina, determinou que 9 dos 22 presos, fossem soltos.

Suspeita

Não é possível confirmar que os ataques às agências ocorridos neste sábado (05), tenham sido praticados por estes criminosos que foram soltos.

“Os estouros de caixas eletrônicos estavam parados até a soltura desses 9 elementos. Eu não estou dizendo que são eles, mas até a soltura deles, estava tudo dentro da normalidade aqui na nossa área e outras áreas também, em relação a caixas eletrônicos”, comentou o capitão Edilton.