Política

Cortes no Bolsa Atleta defendidos por Regina Sousa são aprovados

A proposta do projeto é retirar a necessidade de indicação dos cartolas, os dirigentes esportivos, para o recebimento da Bolsa Pódio pelos 20 atletas melhor posicionados nos rankings.
ISABELA DE MENESES
05/10/2017 18h17 - atualizado

Na última terça-feira (03), A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou o projeto de Lei que veda concessão do Bolsa Atleta a esportista com renda anual superior a 360 salários mínimos. A relatora que deu parecer favorável foi Regina Sousa (PT-PI) e a autoria do projeto é do senador Romário (Podemos-RJ).

Além disso, segundo a Agência Senado, a proposta do projeto é retirar a necessidade de indicação dos cartolas, os dirigentes esportivos, para o recebimento da Bolsa Pódio pelos 20 atletas melhor posicionados nos rankings mundiais em suas modalidades.

  • Foto: Agência SenadoSenadora Regina Sousa (PT-PI)Senadora Regina Sousa (PT-PI)

A iniciativa do programa foi criada em 2005. O Bolsa Atleta é uma iniciativa de patrocínio individual de atletas de alto rendimento com bons resultados em competições nacionais e internacionais.

Mais conteúdo sobre: