Política

Defesa de Aécio pede Gilmar Mendes como relator de inquérito

O atual relator do caso é o Ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).
VITOR FERNANDES
01/07/2017 16h57 - atualizado

Os advogados do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pedem que o Ministro Gilmar Mendes relate o inquérito da acusação, com base nas delações da Odebrecht, por causa das obras nas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, no estado de Rondônia, ao invés do Ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal (STF), atual relator do caso.

  • Foto: Facebook/Aécio NevesAécio NevesAécio Neves

A defesa de Aécio alega que os fatos das investigações não têm relação com os fatos apurados na Lava Jato, da qual Fachin é relator, e que esse inquérito tem relação com o caso do setor elétrico de Furnas de relatoria de Gilmar Mendes.

Gilmar Mendes já é relator o inquérito que Aécio é investigado por receber do grupo Odebrecht valores indevidos para sua campanha eleitoral em 2014. O senador nega as acusações feitas pelos delatores de que os pagamentos teriam sido feitos por meio de contratos fictícios com a empresa PVR Propaganda e Marketing Ltda.