Política

Denúncia contra Lula e Dilma não vai ser julgada no STF

Nenhum dos denunciados tem foro por prerrogativa de função.
RAYANE TRAJANO
09/09/2017 16h30 - atualizado

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu que a denúncia apresentado contra os ex-presidentes Lula e Dilma e contra o ex-ministro Aloisio Mercadante, deve ser julgada na primeira instância.  

  • Foto: Facebook/DilmaDilma e LulaDilma e Lula

De acordo com o Estadão, na denúncia, o procurador-geral da República Rodrigo Janot havia pedido que o caso fosse analisado no STF, mas Fachin remeteu o processo à Justiça Federal do Distrito Federal, porquê nenhum dos denunciados têm foro por prerrogativa de função.

Janot alega que Lula e Dilma tentaram barrar investigações da Lava Jato. Um dos fatos que o procurador elencou foi a tentativa de Dilma nomear Lula como ministro, em 2016. O cargo garantiria a Lula o foro privilegiado no STF.