Política

Deputado Alexandre Molon solicita impeachment de Temer

Medida foi tomada após a imprensa revelar delação premiada de Joesley Batista.
GABRIEL SOARES
18/05/2017 09h36 - atualizado

O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou um pedido de impeachment do Presidente Michel Temer na noite dessa quarta-feira (17), pelo crime de irresponsabilidade fiscal. No salão Verde, deputados da oposição pediram a renúncia imediata de Temer e a convocação de eleições diretas para a Presidência da República.

  • Foto: Divulgação/Câmara dos DeputadosDeputado Federal Alessandro Molon solicita impeachment de Temer.Deputado Federal Alessandro Molon solicita impeachment de Temer.

O pedido veio após a divulgação do conteúdo de uma delação premiada do empresário Joesley Batista, proprietário da JBS. Durante o depoimento foi revelada uma gravação de áudio onde Temer concordava com o pagamento de propina para silenciar o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

O parlamentar realizou o pedido baseado no artigo 9º, item 7 da Lei de Responsabilidade, que fala sobre comportamento incompatível ao cargo. Segundo a Folha de São Paulo, o deputado João Henrique Holanda Caldas, o JHC (PSB-AL) também entrou com um pedido de abertura de impeachment do presidente na Câmara dos Deputados. A oposição do governo exige a renúncia de Temer.

Eleições Diretas

Na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), o deputado Esperidião Amin (PP-SC), relator da admissibilidade da proposta que permite eleições diretas para a Presidência da República (PEC 227/16), apresentou pedido de urgência para a votação no colegiado. De acordo com o deputado Júlio Delgado (PSB-MG), o requerimento pode ser analisado pela CCJ já nesta quinta-feira (18).

À noite, deputados da oposição se reuniram para definir uma estratégia conjunta de ação – novo encontro está marcado para a manhã desta quinta-feira. No mesmo momento, parlamentares da bancada governista participaram de reunião no Palácio do Planalto.

Mais conteúdo sobre: