Política

Deputado Marcelo Castro é contra suplente de mesmo partido

A suplência de mesmo partido foi defendida pelo deputado federal Vicente Cândido (PT-SP).
ISABELA DE MENESES
28/08/2017 10h07

Durante discussão na Câmara Federal a respeito da Reforma Política, o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), se mostrou contra os suplentes de mesmo partido. O ponto estava presente no parecer do deputado Vicente Cândido (PT-SP), apresentado no último dia 15.

A ideia de Vicente Cândido, segundo a Agência Câmara, é que sejam suplentes os demais candidatos, não eleitos, do mesmo partido, na ordem de votação nominal.

  • Foto: AscomMarcelo CastroMarcelo Castro

O que ocasionou polêmica e discordância entre os deputados, que defenderam o fim do suplente do mesmo partido no voto majoritário, de acordo com a explicação de Marcelo Castro.

"Digamos que tenham 20 candidatos a deputado federal, os 10 mais votados serão eleitos. Os dez que vierem em sequência serão os suplentes: primeiro suplente, segundo suplente, terceiro suplente, quarto suplente. Não vai ter mais suplente de partido”, defendeu o deputado piauiense.

Mais conteúdo sobre: