Política

Deputados piauienses na CCJ da Câmara votam a favor de Temer

O deputado Maia Filho alegou, em seu comentário, que era necessário ter provas contra “irrefutáveis”, já que se trata do presidente da República.
RAYANE TRAJANO
13/07/2017 18h30 - atualizado

Os dois deputados piauienses que compõem a Comissão de Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara Federal, Paes Landim (PTB) e Maia Filho (PP), votaram contra o parecer que defendia a permissão ao STF de julgar a denúncia feita contra Michel Temer (PMDB).

O deputado Maia Filho alegou, em seu comentário, que era necessário ter provas contra “irrefutáveis”, já que se trata do presidente da República.

  • Foto: Agência CâmaraMaia Filho e Paes LandimMaia Filho e Paes Landim

“Eu não quero que aqui se crie um precedente desse princípio in dubio pro societate, como se houvesse a necessidade de se condenar alguém por conta de senso comum e por conta de rancor político. Aqui nós devemos defender o que é justo, defender a Constituição, e pra se cassar um presidente não é como se trocar um técnico de jogo de futebol, tem que ter prova irrefutável”, declarou Maia Filho.

O parecer foi rejeitado no final da tarde desta quinta-feira (13), com 40 votos contra, 25 a favor e uma abstenção.

Mais conteúdo sobre: