Política

Deputados votam abertura de investigação contra Temer em agosto

A votação deve acontecer no dia 02 de agosto no Plenário da Câmara. Temer foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por crime de corrupção passiva.
ISABELA DE MENESES
14/07/2017 08h45 - atualizado

A votação pela aceitação ou não da abertura de investigação contra o presidente Michel Temer deve acontecer no dia 02 de agosto no Plenário da Câmara. Temer foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por crime de corrupção passiva.

Para o presidente ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) é necessário a autorização da Câmara dos Deputados. O relatório aceito pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidania (CCJ), nessa quinta-feira (13), teve como relator o deputado Paulo Abi-Ackel (PMDB) e considerou que não existem provas que justifiquem o processo contra Temer.

  • Foto: Divulgação/PTPresidente Michel Temer.Presidente Michel Temer.

O relatório foi aceito em votação, com 41 votos a favor e 24 contra, além de uma abstenção, assim a CCJ confirmou posicionamento contrário à permissão de investigação da denúncia contra o presidente. O primeiro relatório do deputado Sérgio Zveiter (PMDB), a favor da investigação, foi rejeitado pelos deputados que compõe a CCJ.

Para a derrubada do parecer aprovado pela CCJ vão ser necessários dois terços dos votos dos deputados, o que representa 342 votos contra.  A decisão da CCJ é apenas uma instrução, de qualquer forma o caso precisa seguir para o Plenário da Câmara.

Mais conteúdo sobre: