Polícia

Dois adolescentes são apreendidos por assalto em Paulistana

Os acusados teriam levado mais de três mil reais e um aparelho celular.
GABRIEL SOARES
14/05/2017 11h03 - atualizado

Dois menores de idade foram apreendidos suspeitos de cometerem assalto em uma farmácia no município de Paulistana, neste sábado (13). Eles teriam usado um simulacro e uma arma branca na ação e subtraíram mais de R$ 3 mil no estabelecimento. A Polícia Militar localizou os suspeitos e recuperou todos os produtos furtados. Eles esconderam os bens roubados em um matagal próximo ao centro da cidade.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarPolícia Militar apreende mais de três mil reais e um smartphone furtados por adolescentes.Polícia Militar apreende mais de três mil reais e um smartphone furtados por adolescentes.

Os adolescentes teriam efetuado o roubo por volta das 14h. De acordo com a PM, eles invadiram a Farmácia Farma, no centro da cidade, e utilizaram um simulacro e uma faca para renderem as atendentes e uma cliente que se encontrava no estabelecimento. Assim, subtraíram uma quantia de R$ 2.500 em espécie, R$ 600 em cheques e um celular smartphone, pertencente a cliente.

A Polícia Militar da cidade tomou conhecimento do crime e guarnições da instituição dirigiram-se até o local para colher informações. As vítimas indicaram dois suspeitos, sendo esta acusação confirmada pelas imagens do circuito interno de filmagem da farmácia

Os oficiais realizaram buscas em todo o município procurando localizar os menores infratores, conseguindo localizar um deles, identificado pelas iniciais D.R.F nas proximidades de sua residência, localizada o bairro Santo Antônio, também em Paulistana. Ele confessou o crime, o local onde haviam escondido os bens furtados e a identidade do outro envolvido, identificado pelas iniciais D.C.O. Esse último, foi localizado em sua moradia, localizada no mesmo bairro, com parte da quantia roubada, R$ 450,00.

Todo a quantia em dinheiro e o celular levados na investida criminosa foram recuperados. O material e os adolescentes foram encaminhados para a 12ª Delegacida de Proteção à Crianças e ao Adolescente para os procedimentos de praxe. O Conselho Tutelar foi acionado e acompanhou os menores infratores.

Mais conteúdo sobre: