Política

Doleiro Lúcio Funaro assina delação premiada na Lava Jato

Funaro é apontado como o operador de supostos pagamentos de propina feitos ao ex-deputado Eduardo Cunha.
RAYANE TRAJANO
22/08/2017 11h10

O doleiro Lúcio Funaro, preso desde julho de 2016, decidiu fechar acordo de colaboração na Operação Lava Jato. De acordo com o G1, a conhecida delação premiada vai ser assinada nesta terça-feira (22), na Procuradoria Geral da República.

  • Foto: Dida Sampaio - Divulgação / Agência EstadoLúcio FunaroLúcio Funaro

Funaro é apontado como o operador de supostos pagamentos de propina feitos ao ex-deputado Eduardo Cunha, que foi condenado por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Com o acordo de colaboração, Funaro se compromete a dar informações e provas dos crimes, em troca de benefícios em sua condenação. O acordo precisa ser homologado pelo Supremo Tribunal Tribunal (STF).  

Mais conteúdo sobre: