Política

Dudu cobra no TCE convocação dos guardas municipais de Teresina

A ação do vereador ocorreu depois do julgamento sobre o uso feito pelo município dos precatórios do antigo Fundef.
ISABELA DE MENESES
13/11/2017 18h27 - atualizado

O vereador de Teresina Edilberto Dudu (PT), informou na última sexta-feira (10), que já protocolou o requerimento no Tribunal de Contas do Estado pedindo providências a respeito do descumprimento da recomendação feita à Prefeitura de Teresina, que determinava o cronograma de nomeação de quase 90 concursados da Guarda Municipal.

A ação do vereador ocorreu depois do julgamento sobre o uso feito pelo município dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef). Com 4 votos a 1, o desbloqueio das contas do Fundef de Teresina foi autorizado.

  • Foto: DivulgaçãoVereador DuduVereador Dudu

“Protocolamos um requerimento solicitando providências acerca de um cronograma que foi feito pela Prefeitura e esse Tribunal, mas a prefeitura está desrespeitando”, alega Dudu.

Dessa maneira, o vereador informa que vai continuar acompanhando a gestão dos recursos por meio da análise de outras denúncias apresentadas, para tentar garantir que seja feito o uso adequado dos recursos e a decisão não seja política.

“A líder do prefeito Firmino, vereadora Graça Amorim, disse na Câmara Municipal que há julgamentos no TCE que são políticos, foi a líder. Merece até, inclusive, que o TCE peça vista do que ela disse. Nós vamos pedir todo esse processo para fiscalizarmos outras operações, como pagamento de propaganda e do SETUT”, disse o vereador.