Geral

Dupla é condenada a mais de 13 anos de prisão por roubar Dr. Heli

O prefeito e sua família foram ameaçados durante o assalto e questionados se o veículo possuía rastreador. Os dois acusados estavam esperando o julgamento presos.
ISABELA DE MENESES
24/08/2017 15h38 - atualizado

  • Foto: DivulgaçãoPrefeito de Simplício Mendes, Dr. HeliPrefeito de Simplício Mendes, Dr. Heli

Os dois acusados de roubar o veículo do prefeito de Simplício Mendes, Heli de Araújo Moura Fé, em outubro de 2016, identificados como Gilvan Cordeiro Soares Júnior e Elisvan Paixão de Macedo, foram condenados pelo juiz Daniel Gonçalves Gondim da Vara Única da Comarca do município, a mais de 13 anos de prisão. A sentença foi proferida no dia 22 de agosto deste ano.

No momento da ação criminosa, os assaltantes estavam em uma Ranger e abordaram armados os ocupantes do carro do prefeito, que estava sendo conduzido pelo motorista, e trazia também, a filha do gestor e sua esposa. O veículo estava a cerca de 8 km de distância de Simplício Mendes quando foi parado pelos infratores.

O prefeito e sua família foram ameaçados durante o assalto e questionados se o veículo possuía rastreador. Os dois acusados estavam esperando o julgamento presos.

De acordo com a decisão do juiz, os dois homens foram condenados não só pelo roubo do veículo, como também pelo profissionalismo na prática criminosa, já que no dia seguinte o carro do prefeito já estava em Ouricuri, Pernambuco, quando a polícia encontrou os acusados.

Por isso, Gilvan Cordeiro Soares Júnior foi condenado à pena mínima de 13 anos e 4 meses de reclusão, em regime fechado. Elisvan Paixão de Macedo foi condenado a 15 anos e 4 meses, também em regime fechado. Ambos podem recorrer da decisão, porém reclusos no sistema prisional.

Mais conteúdo sobre: