Política

Elmano Férrer defende operação de crédito de US$ 750 milhões

O programa é federal e foi encaminhado pela Mensagem 30/2017, do presidente da República Michel Temer.
ISABELA DE MENESES
23/06/2017 10h46 - atualizado

Na última terça-feira (20), foi autorizada uma operação de crédito externo pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que vai destinar US$ 750 milhões a Programa de Financiamento para Energia Sustentável. O senador Elmano Férrer (PMDB-PI) é o relator do projeto.

O programa é federal e foi encaminhado pela Mensagem 30/2017, do presidente da República Michel Temer. A operação vai ser uma parceria entre o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

  • Foto: Ascom/Senado FederalSenador Elmano Férrer (PMDB)Senador Elmano Férrer (PMDB)

Elmano Férrer votou a favor da autorização da operação de crédito, já que considera que foram atendidas as condições financeiras estipuladas. O senador explicou que o dinheiro vai ser destinado a investimentos de projetos sustentáveis e inovadores, o que contribui para a geração de emprego e sustentabilidade no Brasil.

“Satisfeitas as condições financeiras estipuladas pelas resoluções do Senado Federal, não há motivos, do ponto de vista técnico, para se negar a autorização do Senado ao pleito em exame”, disse Elmano.

Segundo a Agência Senado, os objetivos específicos do programa são o financiamento verde, incluindo, mas não se limitando às energias renováveis e eficiência energética e o financiamento de micro, pequenas e médias empresas, o que também vai contribuir para o aumento de sua produtividade.

Na comissão também ainda foi aprovado um requerimento de urgência para que a matéria seja analisada o quanto antes pelo Plenário do Senado.

Mais conteúdo sobre: