Polícia

Envolvido no sequestro de tesoureira do Banco do Brasil é preso

O suspeito foi preso no Maranhão, na estrada que dá acesso a Caxias. No momento da prisão estavam presentes mais cinco pessoas, que foram detidas para prestar esclarecimento.
ISABELA DE MENESES
16/03/2017 09h31 - atualizado

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) em parceria com a Força Tática de Timon, realizou na madrugada desta quinta-feira (16), na estrada de Caxias, próximo ao Balneário Chico 18, a prisão de um dos acusados de envolvimento no sequestro da tesoureira do Banco do Brasil, da agência localizada na Ceasa, em fevereiro deste ano. O indivíduo foi identificado como Leonardo Oliveira da Costa, mais conhecido por Leo Gordinho.

Leonardo é suspeito de vários assaltos a estabelecimentos bancários e possui dois mandados judiciais em aberto. De acordo com o delegado Willame Morais, coordenador do Greco, a polícia chegou ao suspeito após o primeiro acusado ser preso, Laisso Bispo de Souza, no dia 26 de fevereiro, “O primeiro acusado que prendemos citou o nome de Leo Gordinho, assim as investigações nos levaram até ele”, disse o delegado.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarLeo GordinhoLeo Gordinho

No momento da prisão estavam presentes mais cinco pessoas, que foram detidas para prestar esclarecimento, também foram encontrados armamentos pesados, duas pistolas .380, uma pistola .45, uma submetralhadora Famae .40 e um revólver calibre 12, além de muita munição.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarArmas e munições apreendidasArmas e munições apreendidas

Ainda segundo o delegado Willame, a polícia vai investigar as 5 pessoas que foram detidas com o acusado, para saber se existe envolvimento com a quadrilha de assaltos a banco chefiada por Leo Gordinho.

Mais conteúdo sobre: