Polícia

Esposa de sargento é presa por matar o marido na Vila Irmã Dulce

O militar foi assassinado com uma facada no olho.
RAYANE TRAJANO
09/04/2017 17h22 - atualizado

Uma mulher identificada como Rosileide Soares Gonçalves foi presa neste domingo (09), após matar o próprio marido, o sargento reformado da Polícia Militar do Piauí, Davi Alexandre, de 63 anos. O assassinato aconteceu na residência do casal, na Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina.

De acordo com o capitão Antônio, subcomandante da Companhia Independente de Policiamento do Promorar, o sargento foi levado ao hospital do bairro Promorar, por volta das 2h deste domingo, com um ferimento na cabeça, foi feito curativo e ele retornou para casa, na companhia da esposa, autora da agressão.

Cerca de duas horas depois, a mulher feriu o sargento com outra facada, em um dos olhos. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu, enviado ao Hospital de Urgência de Teresina, mas não resistiu e morreu por volta das 9h.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarRosileide Soares GonçalvesRosileide Soares Gonçalves

“Ele [sargento] não quis representar contra ela [Rosileide], voltou pra cara com ela, então ela terminou de matar ele, deu uma facada no olho dele, e se evadiu do local. Ele ainda conseguiu pedir socorro”, relatou o capitão.

Após o crime, os policias da Força Tática da Companhia do Promorar conseguiram prender a suspeita de praticar o homicídio. “Os policiais encontraram ela e a arma do crime, foi encaminhada para a Central de Flagrantes, autuado por homicídio, artigo 121 [do Códio Penal]”, informou o capitão.

Mais conteúdo sobre: