Piauí

Estudante é detido por cultivar maconha em casa no São Cristóvão

Ele alegou que usava a droga para fins medicinais, no tratamento de um glaucoma.
MARCOS CUNHA
22/05/2017 16h10 - atualizado

Uma denúncia anônima através do aplicativo da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), acabou levando a Polícia Civil à apreensão de um pé de maconha em uma estufa caseira. A droga estava sendo cultivada na casa de um estudante de Direito, no bairro São Cristóvão, zona Leste de Teresina.

Na casa do estudante, que foi identificado apenas como Otto Neto, também foram apreendidas quantidades de drogas já pronta para o consumo, além de todo o material utilizado para realizar o cultivo da droga.

“Ele estava fazendo em quarto da casa, e preparava essa maconha, uma Cannabis sativa preparada, onde ele usava vários equipamentos para fazer ela mais forte. Ele fazia e iam várias pessoas usar essa droga lá, filho de juiz, de médico, várias pessoas mesmo. Ele é estudante de Direito”, repassou o delegado Menandro Pedro, coordenador da Depre.

  • Foto: DivulgaçãoMaterial para cultivo de maconha é apreendido pela DEPREMaterial para cultivo de maconha é apreendido pela DEPRE

O estudante garantiu que cultivava as drogas para uso medicinal. Otto alega que a maconha estaria auxiliando no tratamento de um glaucoma, e que a planta estaria reduzindo a pressão em seu olho. A informação foi contestada pela Polícia.

Foram apreendidos cooler, termômetros, timer, triturador, fertilizantes usados para cultivar maconha e que estavam acondicionados em uma espécie de estufa caseira.

Otto foi liberado após assinatura de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), já que o crime é considerado como infração de menor potencial ofensivo.

Mais conteúdo sobre: