Política

Fábio Abreu esclarece composição do Serviço de Inteligência

O pedetista usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI) nessa segunda (15).
VITOR FERNANDES
16/05/2017 20h20 - atualizado

O Deputado Robert Rios (PDT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI) nessa segunda-feira (15) para questionar a composição do Serviço de Inteligência da Secretaria de segurança. O pedetista pediu informações ao Secretário de Segurança, Fábio Abreu.

  • Foto: AlepiDeputado Robert Rios e Secretário de Segurança Fábio AbreuDeputado Robert Rios e Secretário de Segurança Fábio Abreu

Robert Rios quer saber o nome de cada pessoa e o cargo que ocupa dentro da corporação, pois segundo ele. "Existem suspeitas de que pessoas estranhas à Polícia Civil estejam lá dentro", informou o deputado ao Viagora.

“A presidente do sindicato dos delegados (Delegada Andréa) declarou que na Inteligência tem policiais que não são civil, são militares. E eu pedi apenas a relação pra constatar se isso é verdade. E o próprio Secretário confessa que lá tem policial militar, e não pode”, complementou o deputado.

O Secretário de Segurança, Fábio Abreu, afirmou que os policiais militares compõem esse serviço de inteligência e diz que é necessário o estudo da matéria para se requerer esses tipos de informações.

“Primeiro a pessoa tem que estudar pra saber o que é a estrutura do núcleo de inteligência da Secretaria de Segurança. Nesse estudo ela vai descobrir que no núcleo de inteligência da Secretaria de Segurança tem policial militar, policial civil e policial bombeiro militar. Se tiver alguém estranho lá é um faxineiro, é alguém do serviço de limpeza”.

Mais conteúdo sobre: