Polícia

Fábio Abreu propõe reforço de operações após onda de violência

As operações estarão concentradas nas regiões que possuem uma incidência maior de violência registrada nos últimos dias no estado.
ISABELA DE MENESES
27/06/2017 09h32 - atualizado

Uma reunião na tarde dessa segunda-feira (26), que aconteceu na sede da Secretaria de Segurança Pública, tratou sobre ações emergenciais para reforçar o policiamento em Teresina e nas cidades da região metropolitana. O secretário Fabio Abreu coordenou a reunião e contou com a participação de representantes da Polícia Militar (PM) e da Polícia Civil do Piauí (PC). 

O coronel Alberto Menezes, subchefe do Estado-Maior Geral da Polícia Militar do Piauí, falou que o planejamento traçado vai ser repassado para os batalhões que fazem o policiamento ostensivo buscando maior efetividade nas abordagens já realizadas pela PM.

“Nós acolhemos todas as orientações do secretário de segurança e vamos repassar todos os passos para os comandos de policiamento da capital e do interior. Além disso, vamos aproveitar para preparar as operações visando também o período de julho, em que as famílias normalmente entram em férias”, disse o coronel Alberto Menezes.

  • Foto: Isabela de Meneses/ViagoraSecretário de Segurança Fábio AbreuSecretário de Segurança Fábio Abreu

Já o delegado geral da Polícia Civil, Riedel Batista, comentou sobre as ações definidas e que está cumprindo mandados de prisão que estão em aberto no sentido de diminuir o tráfico de drogas e o fluxo de armas de fogo em Teresina por criminosos reincidentes.

“Nosso objetivo é prender as pessoas que estão devendo a justiça e manter o controle nos roubos, homicídios e do tráfico de drogas. Vamos fortalecer esse trabalho da Polícia Investigativa, levando em conta o trabalho integrado com as demais instituições, no sentido de tranquilizar o cidadão”, relatou Riedel.

  • Foto: Divulgação/Secretaria de SegurançaReunião sobre operações para o combate da violência no PiauíReunião sobre operações para o combate da violência no Piauí

O secretário Fábio Abreu disse que objetivo da reunião foi alinhar as ações integradas para melhorar o trabalho ostensivo, as execuções dos mandados que estão em aberto e as operações de inteligência.

“Vamos aumentar e ampliar as barreiras para combater de frente o roubo de veículos e motocicletas na capital e no interior. Estaremos comprando as folgas dos policiais para que tenhamos um efetivo maior nas ruas. Estamos traçando também algumas operações integradas para combater o tráfico de entorpecentes e de uso de arma de fogo”, contou o secretário.

No encontro ficou definido que as operações estarão concentradas nas regiões que possuem uma incidência maior de violência registrada nos últimos dias no estado.