Piauí

Flamengo do Piauí é alvo de inquérito no Ministério Público

A portaria que determina a abertura do procedimento foi assinada no dia 18 de agosto deste ano, pelo procurador Edno Carvalho Moura.
RAYANE TRAJANO
27/08/2017 08h18 - atualizado

O Ministério Público do Trabalho no Piauí instaurou um inquérito civil contra o Esporte Clube Flamengo. A portaria que determina a abertura do procedimento foi assinada no dia 18 de agosto deste ano.

Na denúncia protocolada na Procuradoria Regional do Trabalho da 22ª Região, em Teresina, noticia que o clube “viola a legislação justrabalhista ao não efetuar o pagamento das férias e do décimo terceiro salário dos empregados”.

O caso está sob responsabilidade do procurador do Trabalho Edno Carvalho Moura, que assinou a portaria considerando “ser o Ministério Público do Trabalho legitimado a propor a ação civil pública no âmbito da Justiça do Trabalho em defesa dos   interesses   coletivos, quando desrespeitados os direitos   sociais constitucionalmente garantidos”.

Mais conteúdo sobre: