Polícia

Foragido do Piauí é preso com 3,5 toneladas de maconha no Maranhão

A droga foi avaliada no valor de quase R$ 5 milhões e seria de origem da região Centro-Oeste do Brasil.
ISABELA DE MENESES
26/09/2017 08h57 - atualizado

O foragido na Penitenciária de Esperantina, Paulo Roberto de Oliveira, foi preso na cidade maranhense de São José de Ribamar, na última sexta-feira (22), com 3,2 toneladas de maconha, pela Polícia Civil do Maranhão, em operação deflagrada pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).

A droga foi avaliada no valor de quase R$ 5 milhões e seria de origem da região Centro-Oeste do Brasil. Outros três suspeitos também foram presos com Paulo Roberto, que é acusado também de roubo a banco. 

  • Foto: Polícia Civil do MaranhãoPaulo Roberto junto com os comparsasPaulo Roberto junto com os comparsas

De acordo com o superintendente da Senarc, o delegado Carlos Alessandro, os agentes chegaram até o grupo criminoso, após receber denúncias anônimas que informavam a existência de um grande carregamento de entorpecentes na cidade de São José de Ribamar. 

Os policiais realizaram a prisão quando a droga estava sendo transportada em uma carreta, com o apoio de mais dois veículos. Um Fiat Punto e uma caminhonete Frontier.

  • Foto: Polícia Civil do Maranhão3,5 toneladas de maconha apreendidas3,5 toneladas de maconha apreendidas

Os suspeitos foram encaminhados a sede da Senarc, para serem autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Mais conteúdo sobre: