Piauí

Funcionários dos Correios deflagram greve por tempo indeterminado

A greve teve início na noite desta terça-feira (19) e todos os serviços serão paralisados.
JOSEFA GEOVANA
20/09/2017 11h39 - atualizado

Funcionários de agências dos Correios de todo o Piauí deflagraram greve geral às 22h dessa terça-feira (19). A greve é nacional e não possui data para terminar. Todas as agências e serviços fornecidos pela empresa devem ficar suspensos por tempo indeterminado.

  • Foto: Facebook / Sintect-PiFuncionários dos Correios de Pedro II.Funcionários dos Correios de Pedro II.

Os trabalhadores reivindicam sobre a suspensão de alguns direitos que julgam essenciais, como a retirada da entrega matutina, na qual as entregas obrigatoriamente só poderão ser feitas no turno da tarde. Pedem também a entrega do vale refeição no período de férias e o direito a licenças médicas.

“As negociações com a categoria foram adiadas há mais de 40 dias. Eles propuseram algumas retiradas severas dos direitos dos trabalhadores, e não houve nenhuma proposta de negociação vinda da empresa”, relatou Mirian Sousa assessora de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios no Piauí (Sintect-PI).

Sindicatos de outros estados também aderiram à greve, são eles: Ceará, Amapá, Alagoas, Amazonas, Bahia, Brasília (DF), Campinas (SP), Espírito Santo, Goiás, Juiz de Fora (MG), Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Ribeirão Preto (SP), Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Maria (RS), Santos (SP), São José do Rio Preto (SP), Sergipe, Santa Catarina, Uberaba (MG) e Vale do Paraíba (SP).

Mais conteúdo sobre: