Piauí

Governo diz que Piauí tem menor índice de endividamento da história

O governo afirma que o estado vem pagando suas dívidas apesar das operações de crédito.
JOSEFA GEOVANA
12/11/2017 17h10 - atualizado

O Piauí tem registrado o menor índice de endividamento da história do estado, de acordo com o governo, o estado vem realizando o pagamento de suas dívidas mesmo com as operações de crédito.

A Secretaria de Estado da Fazenda informa que o Piauí vem reduzindo a dívida consolidada da Receita Corrente Líquida (RCL). Segundo o Executivo, no ano de 2006 a dívida RCL chegava a atingir 84,69%, mas em 2016 ouve uma mudança relevante, pois a dívida caiu 45,17%. No mesmo ano, o estado ocupou o 3º lugar entre as unidades da federação brasileira que mais fizeram investimentos, quando foram investidos 10,7% da RCL.

“Como o valor da Receita Corrente Líquida no ano de 2016 foi de 7.578.980 bilhões, isso significa dizer que a Dívida Consolidada Líquida foi de R$ 3.423 bilhões no ano passado, sendo que o Estado do Piauí ainda tem margem para fazer empréstimos no valor de R$ 11.734.268 bilhões”, explicou o Superintende do Tesouro Estadual, Emílio Júnior.   

Com as operações em crédito o Piauí tem mais chances de realizar investimentos em obras para benefício do estado. No ano passado, oram investidos o valor de R$854 milhões em obras, com a maior parte do recurso destinadas a obras mais importantes como Rodoanel e Elevado da Avenida Miguel Rosa.