Piauí

Hacker invade sistema da Uninovafapi e rouba dados de 30 mil pessoas

A administração da Uninovafapi tem até as 23h59 da sexta-feira (22) para pagar o valor cobrado pelo hacker.
RAYANE TRAJANO
20/09/2017 09h37 - atualizado

O site e o sistema virtual do Centro Universitário Uninovafapi foi invadido por hacker nesta quarta-feira (20). O invasor deu prazo de 72h para que a administração pague 1.7 bitcoin (moeda virtual), cerca de R$ 20.800,00.

O site principal da instituição está fora do ar devido à invasão e a mensagem do hacker aparece para os administradores. O banco de dados do Sistema de Gerenciamento Acadêmico e Financeiro da Faculdade (Sisgaf) também foi roubado.

  • Foto: Street ViewUninovafapiUninovafapi

A mensagem deixada diz que todos os funcionário foram notificados, também os reitores. O hacker afirma que haviam vulnerabilidades no sistema e dados muito delicados estavam expostos.

Os dados de mais de 30 mil pessoas foram roubados, entre alunos e servidores, como cpf, rg, endereço, fotos, e-mails. O ataque pode inclusive transferir pagamentos de boletos para outras contas.

A administração da Uninovafapi tem até as 23h59 da sexta-feira (22) para pagar o valor cobrado pelo hacker. Caso contrário, os dados podem ser divulgados pelo invasor.

Outro lado

O Centro Universitário divulgou nota informando que seu centro de tecnologia está "trabalhando para bloquear o uso indevido das informações e garantir a segurança do banco de dados". 

  • Foto: DivulgaçãoNota do UninovafapiNota do Uninovafapi

Mais conteúdo sobre: