Piauí

HGV realiza mutirão de cirurgias neste sábado (01)

Serão realizadas cirurgias de hérnias abdominais e colecistectomias, além de cirurgias plásticas não estéticas.
JOSEFA GEOVANA
01/07/2017 08h27 - atualizado

Atualização

O mutirão foi suspenso porque os médicos resolveram não comparecer. Eles alegam atraso no pagamento das horas extras e cortes nos rendimentos. 

Matéria original

Neste sábado (01), serão realizadas cirurgias de hérnias abdominais e colecistectomias, além de cirurgias plásticas não estéticas, durante o mutirão de cirurgia geral realizado no Hospital Getúlio Vargas (HGV).

Através da iniciativa, já foram feitos pelo hospital 25 mutirões entre os meses de janeiro e junho deste ano, 770 pessoas neste período realizaram cirurgias em várias especialidades. Três ações já estão programadas para o dia 8, 15 e 29 de julho.

"Os Mutirões fazem parte das ações implementadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e direção do hospital para reduzir a fila e o tempo de espera por um procedimento cirúrgico", destacou Clara Leal, diretora-geral do HGV.

De acordo com Hamilton Fortes, coordenador da Clínica Cirúrgica, os mutirões realizados aos sábados diminuem o tempo de espera, e melhoram a qualidade de vida. "Os mutirões ajudam a diminuir a fila de espera por esse tipo de cirurgia. Agilizar esses procedimentos, é proporcionar a essas pessoas uma melhor qualidade de vida", explicou o médico.

Mais conteúdo sobre: