Polícia

Homem é preso após estrangular mulher no bairro Árvores Verdes

Corpo da vítima só foi encontrado dois dias após o crime ainda dentro da casa.
MARCOS CUNHA
08/05/2017 14h46 - atualizado

Mais um típico caso de feminicídio foi registrado em uma casa do bairro Árvores Verdes, na zona Leste de Teresina, durante o final de semana. Um homem identificado como Julio Pereira dos Santos, de 36 anos, estrangulou a própria companheira com um fio elétrico. O corpo Solange Maria de Resende, de 43 anos, foi encontrado em cima de uma cama, na noite deste domingo (07).

De acordo com a Delegacia de Homicídios, o caso teria acontecido na última sexta-feira (05), mas o corpo de Solange só foi encontrado ontem pelos vizinhos. O acusado ainda tentou alterar a cena do crime para que aparentasse se tratar de um suicídio.

“A porta estava entreaberta, e eles já encontraram a mulher dentro de casa, deitada na cama, com um fio amarrado no pescoço e ela com as mãos segurando as duas pontas, simulando que ela mesma teria se estrangulado”, repassou o delegado Francisco ‘Baretta’, coordenador da Homicídios.

Questionado sobre a motivação do crime, o acusado teria afirmado que matou por ciúmes durante o depoimento. Julio Pereira não aceitava o fim da relação.

“Ele respondeu que foi em decorrência do ciúme. A gente conseguiu definir a motivação dentro do âmbito das razões de gênero, que denota a prática do feminicídio. Eles viviam juntos, estavam em processo de separação, e pelo que a gente conseguiu identificar pelo discurso dos familiares, é que ele não aceitava o fim do relacionamento”, contou a delegada Anamelka Cadena, titular do Núcleo de Feminicídio do Piauí.

A delegada ainda aguarda os laudos da perícia criminal para identificar as circunstâncias do crime e finalizar o inquérito. Júlio Pereira foi autuado por feminicídio ainda ontem (07) durante a prisão. O delegado Baretta conta que o acusado deve ainda responder por ocultação de cadáver considerando como o crime foi executado.