Polícia

Homem tenta assaltar lanchonete e é morto por policial militar

Duas mulheres que estavam no local também foram baleadas durante troca de tiros.
MARCOS CUNHA E GABRIEL SOARES
20/04/2017 14h03 - atualizado

Durante a noite dessa quarta-feira (19), um policial militar à paisana acabou matando um assaltante que tentou roubar uma lanchonete na cidade de Altos. Identificado como Jânderson de Mâcedo, o suspeito chegou a apontar uma arma para o dono do estabelecimento, mas foi surpreendido pelos disparos dos militar. Houve troca de tiros, e duas mulheres também ficaram feridas.

De acordo com o delegado Jarbas Lima, atual titular da Delegacia da cidade, as mulheres que foram atingidas são mãe e filha, sendo que uma delas foi atingida na perna. As duas foram socorridas, sendo encaminhadas para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), e passam bem.

“Ele chegou no bar para assaltar em uma moto vermelha, armado com um revólver 38. O suspeito chegou lá e rendeu o proprietário do local, exigiu o dinheiro que ele tinha em caixa, no momento em que tinha um policial, um soldado, e aí houve uma troca de tiros e o assaltante foi alvejado. Duas mulheres foram atingidas, mas já passam bem”, repassou o delegado.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilHomem tenta assaltar um bar e é morto por policial.Homem tenta assaltar um bar e é morto por policial.

Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados para atender o assaltante, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no local. O delegado Jarbas acrescentou que ao puxar a ficha criminal de Jânderson de Mâcedo, foi detectado envolvimento em roubo, tráfico de drogas e homicídio.

Ao consultar a arma utilizada no crime, também foi constatado que ela teria sido roubada em São Luís, no Maranhão. O Instituto Médico Legal (IML) ficou responsável pela remoção do corpo.