Piauí

HUT realiza 567 atendimentos e 198 cirurgias durante a Semana Santa

Vítimas de acidentes de trânsito lideram os atendimentos, com 156 casos.
MARCOS CUNHA
17/04/2017 18h01 - atualizado

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) realizou 567 atendimentos e 198 cirurgias durante o feriadão da Semana Santa. Somente nos casos de acidentes de trânsito, foram atendidas 156 pessoas, número 14% menor se comparado ao ano anterior, mas não menos preocupante.

Também foram atendidos 38 casos de agressão física, sendo 16 vítimas de arma branca, 12 vítimas de arma de fogo, sete espancamentos e três com outras formas de violência.

Mesmo com a implantação do novo fluxo, quando pacientes clínicos passaram a ser direcionados a hospitais de menor complexidade e o atendimento geral diminuiu em torno de 25%, o setor de estatística do HUT registrou um aumento 15% nos casos de agressão física, se comparado com mesmo período do ano passado.

“Os casos de menor gravidade estão sendo encaminhados para os hospitais de menor complexidade. Com isso, estamos agilizando o atendimento dos pacientes mais graves e salvando mais vidas. Atendemos durante a semana santa 156 vítimas de acidentes de trânsito, dos quais 133 foram vítimas de acidentes com motocicleta, 15 atropelamentos e oito acidentes com carro. Esses acidentes estão cada vez mais graves e a maioria das vítimas está recebendo alta com sequelas permanentes”, destacou Gilberto Albuquerque, diretor geral do HUT.

  • Foto: Reprodução/GoogleMapsHospital de Urgência de TeresinaHospital de Urgência de Teresina

 O HUT registrou também um aumento de 40% no número de cirurgias, com relação ao mesmo período do ano passado. Para o gerente médico da Clínica Ortopédica, Dr. Osvaldo Mendes, esse dado é uma prova real do aumento da gravidade dos acidentes, pois a maioria das vítimas necessita de intervenção cirúrgica, batendo recordes de cirurgias, principalmente, na área de ortopedia.

 “A Clínica Ortopédica é responsável por quase 60% das cirurgias realizadas no HUT. São pacientes graves, que depois da alta ainda necessitam de acompanhamento especializado por um longo período. Muitos perdem partes do corpo como braços, pernas e pés. Só neste feriado foram realizadas 19 amputações no centro cirúrgico do HUT”, explicou o médico.

Somente no primeiro trimestre deste ano, o HUT já contabiliza 2.574 vítimas de acidentes de trânsito. Destes, 2.130 foram vítimas de acidentes com motocicletas, 159 foram vítimas de acidentes com carro, 258 atropelamentos e 27 com outros meios.

Mais conteúdo sobre: