Piauí

Imepi fiscaliza balanças do Aeroporto Senador Petrônio Portella

O objetivo é verificar se não existe o risco de algum passageiro ser enganado no momento em que coloca suas bagagens nos equipamentos.
ISABELA DE MENESES
14/06/2017 11h51 - atualizado

Uma fiscalização especial nas balanças do Aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina, aconteceu na manhã de hoje (14). A ação foi realizada pelo Instituto de Metrologia do Piauí (Imepi) com o objetivo de verificar se não existe o risco de algum passageiro ser enganado no momento em que coloca suas bagagens nos equipamentos.

Maycon Danilo, diretor-geral do Imepi, explicou como a fiscalização funciona. "A ação visa intensificar o controle de peso de bagagens e combater irregularidades que prejudiquem quem está embarcando. O Inmetro exige um regulamento técnico sobre essas balanças e todas as pesagens. A partir do momento em que as balanças recebem aquele selo com validade até 2018, estão com a regularidade metrológica garantida”.

  • Foto: Reprodução/Street ViewAeroporto Senador Petrônio Portella.Aeroporto Senador Petrônio Portella.

Agora as empresas podem cobrar como querem pelas malas despachadas, tanto em voos nacionais, quanto internacionais. Todas as balanças do aeroporto serão fiscalizadas e as que forem reprovadas deverão passar por mecânicos credenciados para receberem os reparos.

“Essas irregularidades vão levar as respectivas empresas a receber um auto de infração, com possibilidade de abertura de um processo administrativo que, certamente, vai culminar em multa, que pode chegar até R$ 1 milhão e 200 mil”, disse Maycon.

Porém o Imepi alerta os passageiros, que devem ficar atentos na hora do check-in e observar se o visor da balança está zerado e também se o selo tem validade até 2018.