Política

Janot pede prisão de Aécio e Fachin manda decisão para plenário

O plenário da Corte máxima deve votar em relação a prisão do senador.
ISABELA DE MENESES
18/05/2017 09h20 - atualizado

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) teve um pedido de prisão feito pela Procuradoria Geral da República (PGR), porém, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, decidiu que a decisão deve ser votada pelo plenário Corte máxima.

Segundo o Estadão, a Polícia Federal cumpre mandados judiciais nas casas e nos gabinetes dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Zezé Perrella (PMDB-MG), além de endereços de várias pessoas ligada a eles, entre elas a irmã do senador, Andrea Neves, que já foi presa, e o filho do peemedebista, Gustavo Perrella.

  • Foto: Facebook/AécioNevesOficialSenador Aécio Neves (PSDB-MG)Senador Aécio Neves (PSDB-MG)

As medidas foram autorizadas pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). A operação envolve citados na delação do empresário Joesley Batista, da JBS, e de outros empresários do grupo.