Política

João de Deus acredita que redação pode evitar fraudes em concursos

As fraudes no último concurso da PM organizada pela NUCEPE, da UESPI, serviu de amparo para as medidas do deputado.
VITOR FERNANDES
01/06/2017 16h37 - atualizado

O deputado João de Deus (PT) vai propor Projeto de Lei que trata sobre mudanças nas provas na tentativa de evitar fraudes em concursos públicos no Piauí. Foi realizada uma audiência pública para debater as fraudes em concursos promovidos pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), nesta quinta-feira (01), na Alepi.

  • Foto: Ascom/AlepiJoaõ de DeusJoaõ de Deus

João de Deus sugere aplicação de redação nos concursos, o que, segundo ele, dificultará as fraudes.

O presidente do Nucepe, Pedro Soares, diz que algumas medidas serão tomadas como a ampliação do tempo de permanência do candidato fazendo prova e a colocação de lacre nas descargas de todos os vasos sanitários dos banheiros para impedir que fraudadores se livrem de objetos.

O delegado geral Riedel Batista diz que as fraudes nos concursos são praticadas por quadrilhas organizadas de vários estados, inclusive do Piauí, e que 50 pessoas monitoradas pela Polícia Civil praticaram irregularidades mais de uma vez.

Participaram da reunião os deputados Wilson Brandão, Liziê Coelho, Evaldo Gomes, Dr. Pessoa, Luciano Nunes (PSDB), Dr. Hélio Oliveira (PR), Francis Lopes, João de Deus e Severo Eulálio (PMDB).

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web