Piauí

Juiz decreta prisão preventiva do secretário Valmir Sales

O secretário municipal deve ser transferido a um dos presídios do estado e permanecer preso até segunda decisão.
RAYANE TRAJANO
02/12/2017 10h26 - atualizado

O juiz Ênio Gustavo Lopes Barros, substituto na Vara Única da Comarca de Água Branca, converteu a prisão em flagrante do secretário de obras do município, Valmir Tavares de Sales, em prisão preventiva. A decisão foi proferida ainda ontem (01).

O secretário municipal foi preso por uma equipe da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), na manhã de ontem (01), durante a Operação Medium Parnahyba. Valmir Sales estava sendo investigado por ter envolvimento com o tráfico de drogas na cidade e havia um mandado de condução coercitiva contra ele.

  • Foto: DivulgaçãoSecretário de Obras de Água Branca, Valmir SalesSecretário de Obras de Água Branca, Valmir Sales

Quando os policiais chegaram à residência do secretário, encontraram uma espingarda, um revólver calibre 38 e uma pistola. Diante disso, realizaram a prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Com a decisão judicial, o secretário Valmir Sales deve ser transferido a um dos presídios do estado e permanecer preso até segunda decisão.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web