Piauí

Juiz Federal investiga ex-prefeito Zé Pio por desvio de R$ 160 mil

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal, o ex-gestor desviou o dinheiro que era destinado à Saúde e à Educação.
RAYANE TRAJANO
16/07/2017 08h27 - atualizado

O juiz Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara do Piauí, resolveu receber denúncia contra o ex-prefeito de Lagoa de São Francisco, José Pio Mendes de Mesquita, conhecido como Zé Pio. A decisão é do dia 06 de julho de 2017.

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal, o ex-prefeito supostamente desviou R$ 80.620,32 (oitenta mil, seiscentos e vinte reais e trinta e dois centavos) do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e R$ 83.227,41 (oitenta e três mil reais, duzentos e vinte e sete reais e quarenta e um centavos) do Fundo de Saúde (FUS).

Em sua defesa, o ex-gestor sustentou que a responsabilidade pela movimentação das contas do FUNDEB e FUS era de seus respectivos secretários.

O juiz não acolheu a alegação, afirmando que “o Prefeito Municipal é o responsável, em última instância, dos recursos que transitam pela prefeitura, cabendo-lhe a fiscalização e prestação de contas”.

Com os fatos ratificados pelo MPF, o juiz decidiu receber a denúncia contra o ex-prefeito Zé Pio.

Mais conteúdo sobre: