Geral

Juíza libera acusado de extorquir empresária com vídeos íntimos

O acusado confessou a pratica do crime de extorsão contra a empresária, afirmando que ameaçava publicar os vídeos nas redes sociais.
RAYANE TRAJANO
19/03/2017 12h58 - atualizado

A juíza Valdênia Moura Marque de Sá, da 9ª Vara Criminal de Teresina, concedeu o cumprimento de pena em regime aberto à José Cleuton da Silva, acusado de extorquir uma empresária, sob a ameaça de publicar um vídeo íntimo da vítima. A decisão é do dia 14 de março.

José Cleuton foi preso em agosto de 2016, pela Divisão de Capturas da Polícia Civil (Dicap). Ele confessou a pratica do crime de extorsão contra a empresária, afirmando que ameaçava publicar os vídeos nas redes sociais. O acusado utilizava conta de uma fornecedora de produtos importados de Caxias (MA), para receber o dinheiro.

A juíza condenou José Cleuton a quatro anos de reclusão em regime aberto e ao pagamento de 10 dias-multa, cada um equivalente a 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo vigente à época do crime. Além de prestação de serviços à comunidade ou entidades públicas durante quatro horas semanais, no quatro anos.

A decisão concede também “liberdade provisória, para fins recursais, em razão da condenação dele em regime aberto”.

Mais na Web