Política

Lula diz a Moro porquê quer ser candidato em 2018. Assista o vídeo!

A maioria dos questionamentos não relacionados ao caso do tríplex, Lula não respondeu.
RAYANE TRAJANO
11/05/2017 09h22 - atualizado

O depoimento do ex-presidente Lula ao juiz federal Sérgio Moro durou mais de 5 horas, nessa quarta-feira (10). O interrogatório é relacionado a acusação de que Lula teria recebido um apartamento tríplex da empreiteira OAS como forma de propina, em troca de benefícios em contratos com a Petrobras.

Além do suposto acordo com o imóvel, o interrogatório tratou de diversos outros assuntos. Moro questionou declarações do presidente sobre pedir a prisão dos agentes envolvidos na Operação Lava Jato e ainda sobre o envolvimento do ex-presidente no esquema de corrupção da Petrobras.

A maioria dos questionamentos não relacionados ao caso do tríplex, Lula não respondeu, sendo orientado pelos advogados, por se tratar de temas não conexos ao processo em questão.

Uma das perguntas de Sérgio Moro foi que Lula teria dito aos policiais federais que fizeram a condução coercitiva do petista que “seria eleito em 2018 e que se lembraria de todos eles”. Nesse momento, Lula diz que não lembra de ter dito isso aos agente e afirma que estava encerrando a carreira política, mas decidiu que disputará as próximas eleições presidenciais.

Assista: