Política

Lula diz que Temer está diminuindo oportunidade de empregos

Caravanas de vários municípios foram convidadas para o evento.
ISABELA DE MENESES E RAYANE TRAJANO
03/09/2017 14h55 - atualizado

Visita do ex-presidente Lula a Teresina

O ex-presidente Lula participou neste domingo do ato “O Brasil não abre mão do seu futuro”, que aconteceu no Teresina Hall, zona leste da capital. Caravanas de vários municípios foram convidadas para o evento e trouxeram atrações culturais para apresentação.

Com atraso de mais de três horas, Lula chegou ao local às 13h.  

Em seu discurso voltado aos jovens, o ex-presidente destacou as ações na área a educação, durante os governos petistas. “Pela primeira vez o Nordeste tem 20% dos estudantes em universidades do Brasil.Isso significa 1 milhão e 600 mil jovens. Pela primeira vez o Nordeste brasileiro passou a região sul em número de alunos nas universidades”, informou.

Lula também falou sobre oportunidades de empregos para o jovens e criticou o presidente Temer. “Vocês [jovens], embora estejam mais bem informados, bem estudados, vocês são vítimas de algumas coisas que eu não era no meu tempo. Vou dizer a vocês: a incerteza do futuro de vocês. Mesmo com diploma na mão, vocês sabem que o mercado de trabalho está cada vez mais difícil e com esse governo golpista, os empregos estão ficando cada vez mais impossíveis de serem arrumados pelos jovens desse país”, declarou.

Uma multidão se formou no Teresina Hall desde o início da manhã, ônibus de cidades como Barras, Batalha, União e Campo Maior levaram militantes e simpatizantes ao evento. Com camisas e faixas, o público gritava palavras de apoio ao ex-presidente. 

Com a chegada da caravana, o goevrnador Wellington Dias puxou um coro: "O Lula é meu amigo, mexeu com Lula, mexeu comigo".

Caravana 

No início da manhã, Lula esteve na cidade de Altos, onde recebeu título de cidadão altoense e participou do ato Ato "Mais Habitação, Mais Cidadania".

A caravanaLula pelo Brasil chegou ao Piauí na sexta-feira (01) e segue até a segunda-feira (04), quando o ex-presidente irá receber título de Doutor Honoris Causa, da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Mais conteúdo sobre: