Política

Mão Santa descarta deixar a prefeitura para disputar presidência

O Partido Ecológico Nacional (PEN) ofereceu a sigla para o prefeito disputar a vaga de presidente do Brasil. O prefeito também comentou a possibilidade de chapa com Bolsonaro.
MARCOS CUNHA
21/04/2017 16h10 - atualizado

O prefeito da cidade de Parnaíba e ex-governador do Piauí, Mão Santa (SD), afirmou estar satisfeito com o atual cargo no litoral do estado, e não cogita concorrer à presidência da República nas eleições de 2018.

Mão Santa chegou a ser convidado para integrar o Partido Ecológico Nacional (PEN), que ofereceu a sigla para o prefeito disputar a vaga de presidente do Brasil.

“Se você me convidar pra ser rei do mundo, eu não quero, porque eu já sou prefeito de Parnaíba e meu mundo é aqui. Já recebi muitos convites para ser vice-presidente, inclusive do PSC, que eu sai, era daquele Pastor Everaldo, mas ele era muito fraco, aí eu não ia ser vice”, repassou o prefeito.

  • Foto: Facebook/ Mão SantaMão SantaMão Santa

O ex-governador desconversou sobre a especulada chapa com o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), que garantiu estar “namorando” com Mão Santa e disse que iniciou um diálogo com o político quando veio ao Piauí, no início deste mês.  Em tom cômico, Mão Santa disse que só está namorando mesmo com Adalgisa, sua esposa.

Mão Santa (SD) foi eleito prefeito de Parnaíba em 2016, onde totalizou 35.585 votos.

Mais conteúdo sobre: