Piauí

Mapa da flora vai orientar apicultores na produção de mel no Piauí

Estudo vai determinar as espécies e períodos de floração das plantas.
MARCOS CUNHA
25/06/2017 08h48 - atualizado

Pesquisadores da Embrapa estão fazendo o mapeamento de plantas que fornecem alimento às abelhas nos biomas da região Meio-Norte, que compreende os estados do Piauí e do Maranhão, levantando informações sobre espécies e épocas de florescimento, para que apicultores possam escolher locais adequados à instalação de apiários.

Atualmente, os trabalhos estão concentrados nos biomas Matas de Cocais, em Teresina, em áreas de Cerrado do Piauí e do Maranhão e nas Vegetações Litorâneas, região do Delta do Rio Parnaíba.

O trabalho científico deve contribuir para que produtos importantes como mel, propólis e pólen cheguem mais facilmente e com menor preço ao consumidor. O estudo, que começou em 2004, vai possibilitar ainda a adoção de estratégias de manejo das colônias conforme os períodos de floração das plantas.

  • Foto: Divulgação/EmbrapaFlora apícolaFlora apícola

O estudo deve ser concluído em dois anos, segundo previsão da pesquisadora Fábia de Mello Pereira, da Embrapa Meio-Norte. As informações chegarão aos apicultores por meio de um livro, com fotos e todo o detalhamento da flora apícola da região.

Os números da produção de mel no Piauí e no Brasil são expressivos. Em 2016, a Casa Apis, que reúne 850 famílias em 56 municípios, produziu 983 toneladas. A produção foi toda exportada para os Estados Unidos, resultando em faturamento U$ 3,5 milhões. Para este ano, a expectativa é que a produção chegue a 1.100 toneladas.

Mais conteúdo sobre: